INÍCIO . . 6 MISSõES DE APOIO À POPULAÇÃO EM POUCO MAIS DE 48HORAS

< voltar




6 missões de apoio à população em pouco mais de 48horas
4 esquadras de voo, 6 aeronaves e mais de 24horas de voo 06.08.2017

6 missões de apoio à população em pouco mais de 48horas

Este fim de semana, de 04 a 06 de agosto, vários meios da Força Aérea foram ativados para múltiplas missões de apoio à população, incluindo um transporte médico internacional, um transporte de órgãos humanos, dois transportes médicos inter-ilhas, nos arquipélagos da Madeira e dos Açores, um resgate médico a um navio e o resgate de um individuo vitima de queda em zona de difícil acesso.
  
A primeira dessas missões realizou-se ao final tarde de sexta-feira, dia 04 de agosto, envolvendo um C-295M, operado pela Esquadra 502 – “Elefantes”, que realizou o transporte médico urgente de 3 doentes da Ilha das Flores para o Faial. Enquanto esta missão decorria no arquipélago dos Açores, era ativada a tripulação do Falcon 50, da Esquadra 504 – “Linces”, e uma equipa médica da Força Aérea, para realizar o transporte médico de um doente de São Tomé e Príncipe para Lisboa.

A aeronave Falcon 50 descolou rumo à Ilha São Tomé, após solicitação da Embaixada daquele país à Direção Geral de Saúde (Portugal), tendo aterrado no seu Aeroporto Internacional já na madrugada do dia 05.
A equipa médica da Força Aérea estabilizou a paciente, e em menos de 24 horas a aeronave Falcon 50 estava a descolar de São Tomé, rumo a Lisboa, onde aterrou na madrugada do dia 06 de agosto, tendo o paciente sido transferido e posteriormente transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Ainda no dia 05 de agosto, sábado, enquanto um helicóptero EH-101 Merlin, da Esquadra 751 – “Pumas”, realizava o transporte médico de um doente da ilha de Porto Santo para a Madeira, era ativada no Montijo a tripulação de alerta dos “Elefantes”, que opera a aeronave C-295M, para realizar uma missão de transporte de órgãos humanos.

Ao início da madrugada de dia 06 de agosto, domingo, as tripulações de alerta das Esquadras 751 e 502, destacadas no aeródromo de Manobra N.º3 , em Porto Santo, eram ativadas para realizar a evacuação médica de um tripulante do navio mercante “BULK INDONESIA”, que se encontrava a cerca de 335km a noroeste da Ilha de Porto Santo.

O individuo, do sexo masculino, de 37 anos e nacionalidade filipina, foi resgatado com sucesso e encaminhado posteriormente para o Hospital Nélio Mendonça, no Funchal.

Na manha de dia 06, a tripulação de alerta da Esquadra 552 – “Zangões”, destacada no Aeródromo de Manobra N.º1, em Ovar, era ativada para resgatar um indivíduo que sofrera uma queda numa cascata, junto aos passadiços do Paiva.
O helicóptero Alouette III descolou da Base de Maceda pelas 13h10, tendo chegado ao local do sinistro 10 minutos depois e efetuado o resgate da vítima para um campo de futebol próximo onde já estava uma equipa médica do INEM para o encaminhar a uma unidade hospitalar.

Em pouco mais de 48horas a Força Aérea esteve empenhada em várias missões de apoio à população, onde foram empenhadas 4 esquadras de voo, 6 aeronaves e realizadas mais de 24horas de voo em missões nacionais e internacionais. Além da prontidão máxima dos meios aéreos e respetivas tripulações, voltou a ser crucial a rápida e ágil coordenação entre a Força Aérea e as diferentes entidades competentes.




TAGS: ba6 ba4 am1 am3 at1 ds


APOIO
VERSÃO MÓVEL | COPYRIGHT © 2017 FAP - DCSI. - WEBTEAM | Símbolo de Acessibilidade na Web