INÍCIO . . FORÇA AÉREA TRABALHA PARA QUE TENHA UMAS FESTAS SEGURAS

< voltar




Força Aérea trabalha para que tenha umas festas seguras
26.12.2013

Força Aérea  trabalha para que tenha umas festas seguras

A Força Aérea realizou - entre os dias 21 e 25 de dezembro - seis missões de transporte aeromédico e busca e salvamento, empenhando para o efeito as aeronaves C-295M e EH-101 Merlin.

No dia 21 de dezembro foi ativado o EH-101 Merlin (helicóptero) para efetuar buscas aos pescadores desaparecidos em frente à praia do CDS, na Costa de Caparica.

A 22, um C-295M (avião) foi à ilha de São Jorge (Açores) para transportar um doente para o Hospital da ilha Terceira.

No dia seguinte, 23 de dezembro, outro C-295M efetuou um transporte de um doente da ilha de Porto Santo para a da Madeira, no arquipélago com este último nome. No mesmo dia, um EH-101 Merlin transportou também um doente da ilha Graciosa (Açores) para o Hospital da ilha Terceira.

A 24, por altura da consoada, foi ativado um EH-101 Merlin para efetuar buscas a um tripulante de um navio mercante caído ao mar, a cerca de 13 Km a Sudoeste do Farol do Bugio (Lisboa). As buscas foram interrompidas quando o sol se pôs e as condições atmosféricas – com alertas meteorológicos em todo o país – e de visibilidade dessa noite não permitiam continuar as mesmas em segurança. Também neste dia um outro EH-101 Merlin transportou um doente da ilha do Pico (Açores) para o Hospital da ilha Terceira.

No dia seguinte - 25 de dezembro - as buscas pelo tripulante caído ao mar foram retomadas.

Em quatro dias, a Força Aérea nunca deixou de prestar apoio à população, voando mais de 12 horas em três zonas distintas do território português. Para além da ativação dos meios referidos, a Força Aérea mantém também em alerta permanente as aeronaves Alouette III, C-130, F-16, Falcon 50 e P-3C.

 

Por: RQ
ALF/RHL



APOIO
VERSÃO MÓVEL | COPYRIGHT © 2017 FAP - DCSI. - WEBTEAM | Símbolo de Acessibilidade na Web