C-295M

O CASA C-295M é um avião bimotor, turbo-hélice de transporte, com estrutura metálica de asa alta, trem de aterragem em triciclo retráctil, cockpit pressurizado e aviónica digital, equipado com dois Motores de Turbina Livre (Pratt & Whitney Canada PW127) que podem desenvolver uma potência máxima de 2920 SHP/cada, nos quais estão montados hélices de 6 pás. O compartimento de carga pode transportar até 69 pessoas ou 44 pára-quedistas completamente equipados ou 9 TON  de carga diversa, incluindo veículos ligeiros. Para a evacuação de feridos ou doentes, podem ser montadas até 24 macas. Opera a uma velocidade de cruzeiro de 230 KTAS (aprox. 410 Km/h) até um tecto de serviço de 30.000 pés, tendo como velocidade máxima 260 KTAS (aprox. 470 Km/h). O EADS C-295M é uma aeronave moderna, com os mais recentes equipamentos de Navegação, Comunicação, Vigilância, Fotografia, Reconhecimento, Combate à Poluição Marítima e até mesmo de Guerra Electrónica, amplificando as valências do seu valente antecessor. O avião integra a mais recente tecnologia existente do mundo aeronáutico, através dos seguintes equipamentos: rádios V/UHF & HF, tecnologia Glass Cockpit, avisadores de proximidade de tráfego aéreo e terreno, comunicações por satélite, 406 Mhz "Emergency Locator Beacon", piloto automático, sistema de posicionamento integrado (inercial e GPS), ILS CAT II e gravadores digitais de dados e voz. A sua capacidade de operar em Teatros de Conflito está sustentada em equipamentos de comunicações "seguras", agilidade de frequência (V/UHF), radar táctico, sistemas de detecção de iluminação radar e de proximidade de mísseis, lançamento de "Chaff & Flares", POD de "Jamming" electrónico, iluminação interior e exterior compatível com NVG ("Night Vision Goggles") e "Armour Cockpit".

As capacidades garantidas pela guerra electrónica, seus equipamentos e táticas, vieram garantir a operação segura da aeronave (e/ou força) em ambientes semipermissivos nos teatros de operações com um espectro-electromagnético hostil. Com esta capacidade do C-295 será possível destacar tropas e carga em segurança, graças às capacidades de auto-protecção física e electromagnética instaladas na aeronave. 

  COPYRIGHT © 2014 FAP - DCSI - WEBTEAM