Cerimónia de Rendição do Comandante da AFA

No dia 24 de novembro de 2017, realizou-se, presidida por Sua Excelência o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Manuel Teixeira Rolo, a Cerimónia de Rendição de Comandante da Academia da Força Aérea.
A cerimónia começou com a imposição da condecoração com a Medalha de Prata de Serviços Distintos ao Major-general Rafael Martins.
Após a leitura do Despacho 61/2017 do CEMFA , referente à nomeação do novo Comandante, o Brigadeiro-general Paulo José Reis Mateus assumiu o Comando da AFA, substituindo no cargo o Major-general Manuel Fernando Rafael Martins.
Seguidamente procedeu-se à entrega da Carta de Comando ao Novo Comandante o Brigadeiro-general Paulo Mateus, bem como à entrega do Brasão de Armas ao Comandante cessante, o Major-general Rafael Martins.
Seguiu-se uma alocução proferida pelo novo Comandante, alusiva à sua tomada de posse onde destacou aos militares e civis da Academia da Força Aérea que a missão só será cabalmente cumprida se a qualidade do trabalho e a segurança da execução assumirem os níveis de excelência adequados aos padrões de exigência vigentes. Reforçou também, a importância do bom relacionamento, cooperação e partilha de recursos entre as três unidades do Complexo Militar de Sintra, AFA, BA1 e MUSAR. Dirigindo-se por fim aos Alunos da Academia, relevando que para além da aprendizagem científica são igualmente essenciais a aptidão militar e aptidão física. A aptidão militar que passa pelo desenvolvimento rigoroso do cumprimento dos deveres de lealdade, integridade, disciplina e camaradagem. A aptidão física, que enquanto responsabilidade individual, deverá ser preservada ao longo da passagem pela Academia bem como em toda a carreira militar.
Posteriormente teve lugar a alocução Sua Excelência o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, General Manuel Teixeira Rolo, que enfatizou que a missão da AFA passa pela garantia da formação de pessoas com capacidade de desempenho, preocupadas com a qualidade do serviço prestado à comunidade a quem temos o dever de servir, dentro dos valores de integridade, fidelidade, confiança, disciplina e pertença que materializam o compromisso de honra assumido, paradigma máximo da vida de um militar. Exortou também os militares, professores e funcionários civis da AFA a prosseguir na profícua e dedicada colaboração com o Comandante, a participar ativamente na defesa do coletivo e a darem cumprimento à missão da Força Aérea fazendo jus ao lema da AFA “ E NÃO MENOS POR ARMAS QUE POR LETRAS”. Alertou ainda os alunos para o facto do serviço nesta Instituição ser uma tarefa exigente e complexa que demanda sacrifício e entrega total que se alicerça no apego institucional e no sentido de pertença, que não significa desempenhar uma simples profissão mas sim concretizar uma vocação.
A cerimónia culminou com o desfile das Forças em Parada com o sobrevoo de uma esquadrilha de Chipmunk.


28 de novembro de 2017


Voltar

  COPYRIGHT © 2018 FAP - DCSI - WEBTEAM