PERSEUS

A Comissão Europeia aprovou em março de 2010 o projeto PERSEUS - Protection of EuRopean borders and Seas through the intelligent Use of Surveillance, em resposta à Call FP7-SEC-2010-1, Priority 3.1-1, European-wide Integrated Border Control System. No projeto Perseus a Força Aérea é responsável pelo desenvolvimento de conceitos de vigilância marítima e pela demonstração de novas ferramentas de monitorização de longo alcance em plataformas aéreas não tripuladas de pequena e média dimensão, até 150 kg de peso máximo.

Para além da Academia da Força Aérea e do INOV-INESC, o projeto PERSEUS, liderado pela INDRA (Espanha - Industria), envolve a EADS-DS (França - Indústria), a DCNS (França - Indústria), a Technical Expert Architecture SoS Engineering (Itália - I&T), a Isdefe (Espanha - Agência Governamental), a EADS Casa (Espanha - Indústria), a Demokritos (Grécia - ID), a Saab (Suécia - Indústria), a ASTRA (Luxemburgo - Indústria), Boeing Europa (I&T) e a Luxspace (Alemanha - Prestador de Serviços Aeroespaciais). Como utilizadores finais/acionistas temos a França, Espanha, Itália, Grécia e Marrocos. O projeto Perseus, com a duração de três anos, tem um orçamento global de 37M.


19 de agosto de 2013


Voltar

Conteúdos Relacionados

  COPYRIGHT © 2018 FAP - DCSI - WEBTEAM