INÍCIO . Estrutura da Força Aérea . Comando da Logística da Força Aérea

< voltar

Comando da Logística da Força Aérea
Amadora

Missão

Administrar os recursos materiais, de comunicações e sistemas de informação e infra-estruturas da Força Aérea, para a execução dos planos e diretivas superiormente aprovados pelo CEMFA e garantir o cumprimento dos requisitos para a certificação da navegabilidade das aeronaves militares.

 

Competências

 

a) Garantir o cumprimento dos requisitos de navegabilidade das aeronaves militares;

b) Gerir os recursos materiais da Força Aérea, promovendo a sua obtenção, receção, distribuição, manutenção, inspeção, recuperação e abate;

c) Colaborar na definição dos requisitos operacionais e logísticos dos meios necessários para assegurar as capacidades da Força Aérea e planear o apoio logístico durante o respetivo ciclo de vida;

d) Conduzir a execução dos programas de modernização das capacidades da Força Aérea que lhe forem superiormente designados;

e) Efetuar estudos técnicos e participar nas atividades de investigação e desenvolvimento;

f) Promover ou elaborar projetos de infraestruturas, assegurando o seu controlo e execução;

g) Apoiar tecnicamente os outros Comandos na execução das suas tarefas logísticas;

h) Assegurar o cumprimento, na área da sua responsabilidade técnica, da regulamentação com implicações na prevenção de acidentes;

i) Assegurar e controlar a execução das políticas da qualidade e ambiente na Força Aérea;

j) Assegurar a satisfação dos requisitos da qualidade, em todas as áreas da sua responsabilidade;

k) Contribuir, no âmbito da logística, para o planeamento e execução dos exercícios;

l) Desenvolver e implementar os sistemas de comunicações e informação adequados à eficaz e eficiente gestão e utilização dos recursos e capacidades da Força Aérea;

m) Promover a identificação e satisfação das necessidades em termos de comunicações de sistemas de informação, de comando e controlo, de ajudas à navegação aérea e de vigilância, no âmbito da segurança militar;

n) Colaborar na administração do pessoal destinado a desempenhar tarefas na sua dependência técnico-funcional e, ainda na sua preparação e qualificação;

o) Colaborar com o Estado-Maior na elaboração de regulamentação no âmbito da aeronavegabilidade.


Brasão

Comando da Logística da Força Aérea

Escudo - De prata, duas pombas brancas de leque; em chefe, uma trina de filetes ondados, de negro, em faixa; canto ameado, de verde, carregado de um besante, de ouro.

Divisa - Num listel de branco, sotoposto ao escudo, em letras de estilo elzevir, maiúsculas, de negro: ««MÍNIMO DISPENDIO FASTIGIUM ATTINGERE»».

Coronel Aeronáutico - É de ouro, constituído por um aro liso com virolas nos bordos superior e inferior, encimado por oito pontas, das quais cinco aparentes. A ponta central e as laterais são encimadas por duas asas de águia estendidas. As pontas intermédias são encimadas por cruzes de Cristo.

Simbologia

As Pombas - simbolizam as comunicações. A Trina de Negro - é alusiva à técnica e à ciência.
O Canto Ameado de Verde - representa a construção e simboliza a abundância.
Besante de Ouro - representa a atividade financeira.
A Divisa - « MÍNIMO DISPENDIO FASTIGIUM ATTINGERE » traduz a preocupação constante do Comando Logístico na gestão dos seus recursos.
Coronel Aeronáutico - é sinal distintivo privativo da Força Aérea que com ele caracteriza todas as suas Unidades e Órgãos.
A prata - significa a humildade.
O negro - simboliza a firmeza e a honestidade.
O verde - simboliza a abundância.

 

Brasão completo

 
 
Escudo - de prata, duas pombas brancas de leque; em chefe, uma trina de filetes ondados, de negro, em faixa; canto ameado, de verde, carregado de um besante, de ouro.
Suportes - sobre um terrado, dois elefantes de sua cor, sustentando: o da dextra, o estandarte da Força Aérea e o da sinistra, o estandarte do CLAFA.
Divisa - num  listel  de branco,  sotoposto ao escudo, em letras de estilo elzevir, maiúsculas, de  negro: ««MÍNIMO  DISPENDIO  FASTIGIUM  ATTINGERE»».

Simbologia
As Pombas - simbolizam  as  comunicações. A Trina de Negro - é alusiva à técnica e à ciência.
O Canto Ameado de Verde - representa a construção e simboliza a abundância.
Besante de Ouro - representa a actividade financeira.
Os Dois Elefantes - são alusivos à actividade de carga e de transporte.
A Divisa - «MÍNIMO DISPENDIO FASTIGIUM ATTINGERE» traduz a preocupação constante do Comando Logístico na gestão dos seus recursos.
A prata - significa a humildade.
O negro - simboliza a firmeza e a honestidade.
O verde - simboliza a abundância. 


Estandarte da Unidade

Quadrado - um metro de lado, gironado de negro e ouro com bordaduras contra gironada de ouro e verde. Ao centro, brocante sobre o ordenamento geométrico, o escudo com o brasão de armas do CLAFA circundado por um listel de prata com a divisa do Comando.
O estandarte está debruado por um cordão de ouro e negro e franjado de ouro e verde.


Brasão de Armas do Comandante

Comando da Logística da Força Aérea

Escudo - de prata, duas pombas brancas de leque; em chefe, uma trina de filetes ondados, de negro, em faixa; canto ameado, de verde, carregado de um besante, de ouro.
Divisa - num  listel   de  branco,  sotoposto  ao  escudo,  em  letras  de  estilo  elzevir,  maiúsculas,  de  negro: «MÍNIMO  DISPENDIO  FASTIGIUM  ATTINGERE».
Elmo - de prata, com  grades e guarnições  de ouro, tauxiado  e  forrado de  vermelho e colocado a três quartos para a dextra.
Correias - de sua cor, afiveladas e perfiladas a ouro.
Paquife e Virol - de ouro, verde e negro.
Timbre - pelicano de sua cor.


Galhardete do Comandante

<p>Quadrado de prata, duas pombas brancas de leque, em chefe, uma trina de filetes ondados, de negro, em faixa, canto ameado de verde, carregado de um besante de ouro. Bordadura enxaquetada de ouro e negro.</p>
<div align="justify"> </div>
<div align="justify">
<div align="justify"><span class="verMaisTextoAzul">Simbologia</span></div>
<span class="verMaisTextoAzul"></span><strong class="verMaisTextoAmarelo">As Pombas</strong> - simbolizam as comunicações.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">A Trina de Negro</strong> - é alusiva à técnica e à ciência.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">O Canto Ameado de Verde</strong> - representa a construção e simboliza a abundância.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">O Besante de Ouro</strong> - representa a atividade financeira.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">A Prata</strong> - significa a humildade.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">O Negro</strong> - simboliza a firmeza e a honestidade.<br /> <strong class="verMaisTextoAmarelo">O Verde</strong> - simboliza a abundância.</div>

Quadrado de prata, duas pombas brancas de leque, em chefe, uma trina de filetes ondados, de negro, em faixa, canto ameado de verde, carregado de um besante de ouro. Bordadura enxaquetada de ouro e negro.

 
Simbologia
As Pombas - simbolizam as comunicações.
A Trina de Negro - é alusiva à técnica e à ciência.
O Canto Ameado de Verde - representa a construção e simboliza a abundância.
O Besante de Ouro - representa a atividade financeira.
A Prata - significa a humildade.
O Negro - simboliza a firmeza e a honestidade.
O Verde - simboliza a abundância.


Dependência Hierárquica

Comandante da Logística da Força Aérea

Morada e Contactos

Morada

Estado-Maior da Força Aérea
Av. da Força Aérea Portuguesa, N.º 1
2614-506 - Amadora

GPS
38º 44' 21.1344'' N
-9º 12' 55.6812'' W

Telefone
21 472 38 20


APOIO
VERSÃO MÓVEL | COPYRIGHT © 2017 FAP - DCSI. - WEBTEAM | Símbolo de Acessibilidade na Web