O Tenente-Coronel Pedro Nuno Pessoa Ferreira Pimentel nasceu, na Figueira da Foz, a 15 de outubro de 1974. Ingressou na Academia da Força Aérea em 1993, no curso Capitão Plácido de Abreu, tendo-se Licenciado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade de Engenharia Electrotécnica, ramo de Sistemas Eletrónicos e Computadores, em setembro de 2000.

Teve a primeira colocação como Engenheiro Eletrotécnico, em 2001, na Direção de Eletrotécnica em Alfragide, na qual desenvolveu a atividades relacionadas com a gestão metrológica dos equipamentos de medida e precisão da Força Aérea.

Em agosto de 2001 foi colocado na Base Aérea Nº5 (BA5) em Monte Real, onde foi Chefe e Responsável Técnico do Laboratório de Metrologia da Força Aérea (LEMP), até 2009, onde se destacou a coordenação da implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade com base no referêncial normativo NP EN ISO/IEC 17025:2005 “Requisitos Gerais de Competência para Laboratórios de Ensaio e Calibração”, que veio a culminar na Acreditação do LEMP pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) em 2009.  Ainda na BA5 foi também Responsável pela Secção da Qualidade (SQ), entre 2004 e 2005 e membro da Comissão de Prevenção e Investigação de Acidentes integrada no Gabinete de Prevenção de Acidentes (GPA), entre 2001 e 2009, onde desempenhou ainda a função de Oficial de Segurança de Voo entre 2005 e 2008.

Em setembro de 2009 iniciou a frequência do Curso de Promoção a Oficial Superior (CPOS), que realizou no Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), que concluiu em 2010, sendo promovido a Major em outubro desse mesmo ano.

Em junho de 2010 foi colocado na Direção de Engenharia e Programas (DEP), onde desempenhou a função de Chefe do Núcleo de Garantia da Qualidade Governamental (NGQG), onde além da coordenação da representação das várias Nações NATO que têm aeronaves ou componentes destas, em manutenção em Portugal, participou como auditor em diversas auditorias de certificação de diversas empresas nacionais, em coordenação com o MDN, com base nos referenciais NATO Allied Quality Assurance Publications (AQAP) 2110, 2120 e 2130, função que desempenhou até 2011.

De 2011 a 2014 desempenhou a função de Chefe da Repartição de Gestão da Manutenção no Centro de Manutenção do SICCAP em Monsanto, tendo sido o representante da Força Aérea na NATO para o programa Radars South Region and Portugal (RSRP), sistema que em Portugal se encontra instalado nas Estações de Radar do Pilar, de Montejunto e de Fóia.

Desde 2009 tem participado como auditor, enquadrado no programa de auditorias internas aos Sistemas de Gestão no contexto do referencial normativo NP EN ISO/IEC 17025:2005 “Requisitos Gerais de Competência para Laboratórios de Ensaio e Calibração”, em diversos laboratórios, quer da Força Aérea quer civis representando a Instituição.

De outubro de 2014 a abril de 2015 desempenhou a função de Chefe da Repartição de Comunicações Sensores e Navegação (RCSN) na Direção de Comunicações e Sistemas de Informação (DCSI) do Comando da Logística da Força Aérea.

Possui, para além de outros cursos de formação e qualificação em áreas multidisciplinares, uma compomente significativa no domínio da Metrologia, Qualidade e Auditoria, bem como o Curso de Segurança de Voo.

Desde 28 de abril de 2015 exerce a função de Comandante da Estação Radar Nº2 (ER2) no Pilar.

Da sua folha de serviço constam vários louvores e várias condecorações, das quais se destacam a Medalha de Mérito Militar, a Medalha de Mérito Aeronáutico e a Medalha de Prata de Comportamento Exemplar.

É membro Sénior da Ordem dos Engenheiros.

O Tenente-Coronel Pedro Pimentel é casado e tem duas filhas.