Nasceu na freguesia de S. Lourenço, em Portalegre, no dia 23 de junho de 1919, filho de António Ferreira e de Amélia da Silva Lemos Ferreira.

Ingressou no Curso de Aeronáutica, na Escola do Exército, no dia 13 de novembro de 1948. Foi brevetado a 31 de março de 1951. Veio a concluir o Tirocínio nos Estados Unidos da América a 1 de novembro de 1952, após ter sido promovido a Alferes no dia 23 de setembro. Regressou dos Estados Unidos da América, habilitado com os cursos “Pilot Training” e “Fighter Gunnery Instructor”.

No dia 30 de novembro de 1952 foi colocado na Base Aérea N.º 2, na Ota. Aqui, no dia 31 de dezembro de 1953 qualificou-se no avião F-84G Thunderjet e veio a fazer parte da Patrulha Acrobática “Os Dragões”, onde a sua aptidão para a acrobacia aérea o tornou figura de muito relevo. É nesta Unidade que no dia 1 de dezembro de 1954 foi promovido a Tenente e a 1 de dezembro de 1956 a Capitão.

De 3 de janeiro a 28 de março de 1955 esteve na Alemanha a frequentar o Jet Instrument Instructor Course.

No dia 11 de março de 1957 assumiu o Comando da Esquadra 20. A 8 de abril de 1958 qualificou-se no avião F-86 e a 1 de abril de 1959 foi colocado na Base Aérea N.º 5, em Monte Real. Entre 16 de março e 17 de abril desse ano esteve na Grã-Bretanha a frequentar o Intelligence Course.

No dia 1 de janeiro de 1960 passou a desempenhar as funções de Comandante de Esquadra na 51. A 1 de outubro de 1960, foi transferido para a Base Aérea N.º 6, no Montijo, e no dia 21 de outubro do mesmo ano, foi transferido para a Secretaria do Estado-Maior por ter sido mobilizado para a Índia Portuguesa como Comandante de Bordo na aeronave DC-6. Foi aqui que a 15 de dezembro de 1961 foi promovido a Major e a 26 de janeiro de 1962, efectuou mais uma qualificação nos Estados Unidos da América, agora no avião DC-6.

No dia 26 de janeiro de 1962 foi colocado no 2.º Agrupamento dos Transportes Aéreos Militares, pertencente à Base Aérea N.º 6, no Montijo.

No dia 17 de julho de 1963 concluiu o Curso de Comando e Estado-Maior. A 18 de julho de 1964 foi colocado no Aeródromo Base N.º 1, na Portela, onde, no dia 1 de março de 1966 foi promovido a Tenente-Coronel. No dia 13 de maio desse ano assumiu as funções de Comandante do Grupo Operacional e a 5 de julho de 1969 de 2.º Comandante. A 12 de fevereiro de 1970 passou a desempenhar as funções de Comandante e no dia 21 de agosto qualificou-se nos Estados Unidos da América, no Curso National Security Management Correspondent.

No dia 28 de dezembro de 1971 foi colocado na Base Aérea N.º 12, em Bissau, na Guiné, para exercer as funções de 2.º Comandante. No dia 14 de agosto de 1972 foi promovido a Coronel e a 6 de novembro assumiu o comando da Unidade. A 14 de janeiro de 1973 passou a comandar a Zona Aérea de Cabo Verde e Guiné.

No dia 10 de fevereiro de 1974 foi nomeado Chefe da 3ª Repartição do Estado-Maior da Força Aérea, onde, no dia 12 de setembro foi promovido a Brigadeiro. A 25 de janeiro de 1975 foi nomeado Director de Instrução da Força Aérea e no dia 15 de abril do mesmo ano, Subchefe do Estado-Maior da Força Aérea para o Pessoal. No dia 12 de janeiro de 1976 passou a desempenhar as funções de Subchefe do Estado-Maior da Força Aérea para a Logística e a 29 de setembro desse ano foi promovido a General.

A 10 de janeiro de 1977 foi promovido a General de quatro estrelas, data em que assumiu as funções de Chefe do Estado-Maior da Força Aérea. No dia 1 de março de 1984 passou a desempenhar as funções de Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas, cargo que cumpriu até 8 de março de 1989.

A 21 novembro de 1989, depois de concluída a sua vida militar, ocupou o lugar de Presidente do Conselho de Gerência na Aeroportos e Navegação Aérea (ANA).

Passou à situação de reserva no dia 31 de dezembro de 1992 e à situação de reforma a 1 de março de 1994.

Ao longo da sua carreira, foi agraciado com diversos louvores e as seguintes condecorações: Grã-Cruz da Ordem Militar da Torre e Espada do Valor, Lealdade e Mérito, Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, Grã- Cruz da Ordem Militar de Avis, Comendador da Ordem Militar de Avis, Medalha de Prata de Valor Militar com palma, Medalha de Ouro de Serviços Distintos, Grã-Cruz da Medalha de Mérito Militar, as Medalhas de Mérito Militar de 2ª e 3ª Classe, a Medalha de Mérito Aeronáutico de 1.ª Classe, as Medalhas de Ouro e Prata de Comportamento Exemplar e a Medalha Comemorativa das Campanhas. Foi ainda condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Cruzeiro do Sul, pelo Brasil, a Grã-Cruz da Ordem de Mérito, pela Itália, a Grã- Cruz da Ordem de Mérito Aeronáutico com Distintivo Branco e Ofi cial da Ordem de Mérito Aeronáutico com Distintivo Branco, pela Espanha, a Grã-Cruz da Ordem de Mérito, pela República Federal Alemã, a Comenda de Mérito, pelos Estado Unidos da América, Ofi cial da Ordem de Fénix, pela Grécia e Oficial da Ordem Nacional de Mérito, pela França.