Tendo exercido já anteriormente as funções de Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, como General Graduado, entre 16 de outubro de 1974 e 15 de maio de 1975, data em que voltou à Escola Superior da Força Aérea, com o posto de Coronel, contando antiguidade desde 9 de agosto de 1974.

No dia 2 de julho de 1975 assumiu as funções de Director da Escola.

Entre 1 e 28 de fevereiro de 1976 esteve a frequentar o Estágio de Instrução Político-Militar.

No período de 7 de novembro de 1977 a 28 de julho de 1978 esteve a frequentar o Curso de Altos Comandos.

A 31 de outubro de 1977 regressou ao Estado-Maior da Força Aérea, onde, no dia 28 de agosto de 1978 assumiu as funções de Chefe da 3.ª Divisão.

No dia 1 de outubro assumiu o cargo de Director do Projecto SICCAP e a 13 de dezembro foi promovido a Brigadeiro.

A 8 de janeiro de 1979 passou a exercer o cargo de Adjunto do Chefe do Estado-Maior, para as Operações e entre 30 de abril e 4 de maio esteve na Grã-Bretanha a frequentar o NATO Senior Officers Eletronic Warfare Course.

No dia 25 de janeiro de 1983 foi promovido a General e a 27 de fevereiro de 1984 foi nomeado Comandante Logístico da Força Aérea.

A 15 de novembro de 1988 foi nomeado Vice-Chefe do Estado-Maior da Força Aérea e no dia 6 de maio de 1989 Vice-Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

No dia 2 de dezembro de 1991 foi promovido a General de quatro estrelas, data em tomou posse como Chefe do Estado-Maior da Força Aérea.

Passou à situação de reserva, por estar 120 dias sem funções, a 1 de abril de 1995.

No dia 20 de abril de 1995 assumiu a Presidência do Conselho de Gerência da ANA, EP e no dia 16 de setembro de 2000 passou à situação de reforma.

Recebeu diversos louvores e as seguintes condecorações: Comendador da Ordem Militar de Avis, três Medalhas de Ouro de Serviços Distintos, Medalha de Mérito Militar 1ª Classe, Medalha de Mérito Aeronáutico de 1ª Classe e a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar. A Dinamarca concedeu-lhe a Grã-Cruz da Ordem Danebrog.