O Coronel Piloto Aviador João Paulo Nunes Vicente nasceu em Lisboa no dia 14 de fevereiro de 1971.

Ingressou na Força Aérea em julho de 1989, no curso de Ciências Militares e Aeronáuticas, na especialidade de Piloto Aviador, na Academia da Força Aérea. Efetuou o Tirocínio nos EUA, tendo sido brevetado em maio de 1995, em Vance AFB.

Entre julho de 1995 e fevereiro de 1996 frequentou, na Esquadra 103 – Caracóis, Base Aérea N.º 11, em Beja, o curso complementar de pilotagem para aviões de combate em aeronave Alpha-Jet.

Entre fevereiro de 1996 e dezembro de 1997 esteve colocado na Esquadra 301 – Jaguares, na Base Aérea N.º 11, em Beja, onde obteve as qualificações de piloto operacional e comandante de parelha em Alpha-Jet.

Em dezembro de 1997 regressou à Esquadra 103 –  Caracóis, onde obteve a qualificação de piloto instrutor em Alpha-Jet.

De abril a maio de 1999 frequentou o Curso Básico de Comando, no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea, em Sintra.

Entre abril de 2000 a agosto de 2003 exerceu funções no programa Euro-NATO Joint Jet Pilot Training, em Sheppard AFB, nos EUA, tendo efetuado mais de 1000 horas de voo como instrutor de voo em T-37.

Em setembro de 2003 regressou à Esquadra 103 –  Caracóis, retomando as suas funções como piloto instrutor em Alpha-Jet.

Entre outubro de 2004 e junho de 2005 frequentou o Curso Geral de Guerra Aérea no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea, em Sintra.

Entre maio de 2007 e junho de 2008 foi Comandante da Esquadra 103 –  Caracóis, tendo alcançado 2000 horas de voo em Alpha-Jet.

Entre junho de 2008 e setembro de 2009 frequentou o Curso de Estado-Maior, Air Command and Staff College, na Air University, EUA.

De outubro de 2009 a julho de 2013 foi docente no Instituto de Estudos Superiores Militares, na Área de Ensino Específico da Força Aérea.

Entre julho de 2013 e setembro de 2015 exerceu funções na Divisão de Planeamento do Estado-Maior da Força Aérea, como Chefe da Repartição de Planos.

Entre setembro de 2015 e setembro de 2018 desempenhou funções no Estado-Maior Militar Internacional do Quartel General da NATO em Bruxelas.

De outubro de 2018 até outubro de 2020 exerceu as funções de chefe do Centro de Operações Aéreas do Comando Aéreo. 

No dia 9 de outubro de 2020 tomou posse como Comandante da Base Aérea N.º 5.

Ao nível de habilitações académicas, é Doutor em Relações Internacionais pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa (2013); Master of Military Operational Art and Science pela Air University, EUA (2009); Mestre em Estudos da Paz e da Guerra pela Universidade Autónoma de Lisboa (2007); Licenciado em Ciências Militares Aeronáuticas pela Academia da Força Aérea (1994).

Ao longo da sua carreira tem colaborado como docente em vários estabelecimentos de ensino militar. É docente da Unidade Curricular de Operações Militares de Defesa e Segurança do Doutoramento em Ciências Militares do Instituto Universitário Militar (IUM) e investigador integrado do Centro de Investigação e Desenvolvimento do IUM, onde coordenou vários projetos de investigação no âmbito do Poder Aeroespacial.

É autor de três livros e mais de três dezenas de artigos na área do Poder Aeroespacial em particular no emprego de sistemas aéreos não tripulados, tendo participado em várias conferências nacionais e internacionais.

Totaliza 3000 horas de voo e da folha de serviços constam várias condecorações e louvores.

Reside em Torres Vedras, é casado com Dulce Vicente e tem dois filhos, a Daniela e o Bruno.