O Coronel Florindo Miguel de Matos Canas nasceu a 7 de outubro de 1972, na cidade da Beira, em Moçambique.

Em fevereiro de 1991, ingressou na Força Aérea para frequentar o Curso de Oficiais Milicianos na especialidade de Técnico de Manutenção de Material Eletrotécnico.

Entre 1992 e 1999, desempenhou a função de Instrutor no Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea, bem como a função de Técnico de Sistemas Aviónicos na Direção de Eletrotecnia do Comando da Logística da Força Aérea.

Frequentou, ainda, em regime de horário noturno, a Licenciatura em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores no Instituto Superior Técnico, a qual concluiu em julho de 1999.

Após a conclusão do Estágio Técnico-Militar 1999/2000, ingressa no Quadro Permanente, na especialidade de Técnico de Manutenção de Infraestruturas, passando a desempenhar a função de Diretor de Obras na Direção de Infraestruturas do Comando da Logística da Força Aérea.

Em 2002, é nomeado Engenheiro Projetista na mesma Direção, tendo realizado projetos e fiscalizado obras na área das infraestruturas eletromecânicas, participando também na gestão de manutenção das instalações de climatização do Sistema Integrado de Comando e Controlo Aéreo de Portugal.

Entre 2006 e 2010, assume as funções de Diretor dos Cursos de Construção e Manutenção de Infraestruturas, no Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea.

No final do Curso de Promoção a Oficial Superior, passou a desempenhar a função de Chefe da Secção de Mecânica da Repartição de Projetos, na Direção de Infraestruturas do Comando da Logística da Força Aérea.

Em julho de 2013, é nomeado Chefe da Repartição de Projetos da mesma Direção, tendo coordenado vários projetos, designadamente a construção da nova placa de estacionamento de aeronaves na Base Aérea N.º 5 e os projetos de construção e remodelação de algumas infraestruturas necessárias para a ativação do Hospital das Forças Armadas.

Em outubro de 2015, inicia uma Comissão de Serviço na Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional, para poder representar o apoio técnico da Força Aérea na coordenação do projeto de construção da Academia da NATO para as Comunicações e Sistemas de Informação.

Obtém o grau de Mestre em 2016, com a realização de prova pública sobre o relatório profissional intitulado “Melhoria do Desempenho Energético dos Edifícios do Campus de Saúde Militar”.

Em julho de 2019, é nomeado, pelo Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, gestor do contrato do projeto de execução da “Cyber Academia & Innovation Hub”, capacidade que poderá ser utilizada na cooperação técnico-militar com outros Países, para além dos contextos da União Europeia e da NATO.

Com a promoção ao posto de Coronel, regressa à Força Aérea em fevereiro de 2020, assumindo as funções de Chefe do Gabinete de Avaliação e Qualidade da Academia da Força Aérea, passando também a ser membro dos conselhos científico, pedagógico e disciplinar, assim como do conselho editorial da sua revista científica.

Em setembro de 2020, o Coronel Florindo Canas inicia, em acumulação, as funções de Professor do Curso de Mestrado em Aeronáutica Militar e de Investigador na área da neutralidade carbónica e da segurança energética em operações militares.

Ao longo da sua carreira militar frequentou diversos cursos nacionais e estrangeiros no âmbito da eficiência energética de edifícios e da preparação técnica para apoiar a construção da Academia da NATO. Neste último contexto, frequentou na Alemanha e em Inglaterra cursos nas áreas da segurança energética, da proteção eletromagnética e do programa de investimentos da NATO.

Da sua folha de serviços constam diversos louvores e condecorações, entre as quais se destacam a Medalha de Comportamento Exemplar de Grau Prata, a Medalha de Mérito Aeronáutico de 3.ª classe, a Medalha de Mérito Militar de 3.ª Classe e a Medalha Militar de Serviços Distintos de Grau Prata.

No dia 22 de julho de 2021 tomou posse como Comandante do Campo de Tiro.

O Coronel Florindo Canas reside em Lisboa, é casado e tem um filho.