O Major Piloto Aviador João Miguel Martins Gonçalves nasceu em 1984 e é natural de Lisboa. Licenciou-se em Ciências Militares Aeronáuticas, pela Academia da Força Aérea (2005-2006), e efetuou o seu tirocínio em Laughlin Air Force Base, Texas, nos Estados Unidos da América (EUA), nas aeronaves T-6 e T-38.

Após ter sido brevetado, em outubro de 2007, foi colocado na Esquadra 103 – “Caracóis”, na Base Aérea N.º 11, onde efetuou o Curso Complementar de Pilotagem em Aviões de Combate no sistema de armas Alpha-Jet.

Em setembro de 2008 esteve em diligência na Esquadra OCU, Base Aérea de Kleine Brogel, Bélgica, onde efetuou o curso de transição para a aeronave F-16MLU.

Foi colocado na Esquadra 301 “Jaguares”, em outubro de 2009, onde completou a qualificação de piloto operacional na plataforma F-16MLU. Entre 2009 e 2018 obteve todas as qualificações em voo, incluindo instrutor, e conjuntamente exerceu as funções de oficial de guerra eletrónica, oficial de segurança em voo, chefe da secção de tiro e oficial de operações.

Em julho de 2018 foi colocado na 195th Fighter Squadron “WARHAWKS” na Base Aérea de Morris, Arizona, EUA, no âmbito do programa de intercâmbio de pilotos instrutores em F-16. Naquela unidade aérea ministrou instrução básica e avançada a pilotos de combate americanos e internacionais, tendo ainda assumido funções de adjunto do chefe da secção de tiro e comandante de esquadrilha.

Até 2018 participou e colaborou em inúmeros projetos, exercícios e missões nacionais e internacionais no âmbito da defesa, das quais se destacam duas missões NATO de Policiamento Aéreo nos Países Bálticos e Islândia, uma missão NATO Assurance Measures, o Operational Testing and Evaluation do programa F-16M, o programa de alienação de aeronaves F-16 à Roménia, a organização de múltiplos exercícios “Real Thaw”, “Hotblade” e “Trident Juncture” e ainda a participação no NATO Tiger Meet – evento onde a Esquadra 301 foi galardoada com os prémios Silver Tiger e Melhor Esquadra em Voo.

Efetuou em 2014 o curso de Fighter Weapons Instructor na EPAF Weapons School, Holanda, onde alcançou a qualificação de instrutor de armas e táticas avançadas no Sistema de Armas F-16M. Regressou àquela escola internacional como instrutor em 2017 e 2019.

Tomou posse como Comandante da Esquadra 301 em 15 de dezembro de 2021, quando acumulava mais de 1900 horas de voo em F-16M, de um total de 2300 horas em diversos tipos de aeronaves militares e civis, contando a sua folha de serviço com vários louvores e condecorações.

O Major João Gonçalves é casado e tem um filho e uma filha.