O Tenente-Coronel Engenheiro Eletrotécnico António Pedro Amado de Matos nasceu na vila da Batalha, Leiria, a 7 de abril de 1973. Ingressou na Academia da Força Aérea (AFA) em setembro de 1992, onde se licenciou em Ciências Militares Aeronáuticas, na especialidade de Engenharia Eletrotécnica, ramo de Telecomunicações e Computadores.

Em 2001, é colocado no Centro de Tratamento de Software Operacional de Guerra Eletrónica (CTSOGE), na Direção de Eletrotecnia, em Alfragide, como adjunto para os sistemas de “Electronic Support Measures” (ESM), onde programou os sistemas “Radar Warning Receiver” (RWR), SPS1000, SPS-1000-V-5, Sky Guardian 2000 e ALR-97; os sistemas de contramedidas “Advance Counter Measures Dispensing System” (ACMDS), ALE-47 e ALQ-131 de diversos Sistemas de Armas da Força Aérea.

Em 2007, o CTSOGE passou a Centro de Guerra Electrónica (CGE) e, em 2009, integrou a Direção de Engenharia e Programas (DEP), altura em que iniciou o Curso de Promoção a Oficial Superior (CPOS), no Instituto de Estudos Superiores Militares (IESM), que terminou em 2010, tendo regressado ao CGE. Em outubro desse ano foi promovido ao posto de Major.

Durante este período ministrou as unidades curriculares de Guerra Eletrónica aos cursos de Navegadores na Esquadra 502, da Base Aérea  Nº 1, em Sintra, aos cursos de TODCI, TOPS, OPRDET e OPCOM no Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea, na Ota, e foi responsável pela criação do Curso de Fundamentos de Guerra Eletrónica, ministrado pelo CGE.

Participou, como especialista para os sistemas de autoproteção, nos grupos de trabalho de programas de aquisição e modernização de vários sistemas de armas, como C-130H, C-295M, EH-101, F-16MLU, P-3C CUP+ e a Aeronave de Transporte Estratégico. Foi, ainda, o representante nacional do SubGrupo 2 da NATO.

Em 2011, passou a desempenhar as funções de Chefe do CGE.

Em 2015, começou a ser responsável pela Unidade Curricular de Guerra Eletrónica dos cursos de Pilotos Aviadores, da AFA. Neste mesmo ano foi-lhe atribuído, pela AFA, a qualidade de Especialista de Reconhecida Experiência e Competência Profissional em Ciências Militares na área de Técnicas e Tecnologias Militares.

A 9 de março de 2016, foi colocado na AFA, com as funções de Diretor de Curso de Engenharia Eletrotécnica, docente e adjunto ao Gabinete de Avaliação e Qualidade.

Durante a sua carreira foi arguente de várias Dissertações de Mestrado e de Trabalhos de Pesquisa Individual do Curso de Promoção a Sargento Chefe, da AFA e de Trabalhos de Investigação Individual do CPOS do Instituto Universitário Militar (IUM).

No âmbito da sua formação académica e profissional é de realçar o Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores e diversos cursos de guerra eletrónica, nacionais e estrangeiros.

Da sua folha de serviço constam vários louvores e condecorações, das quais se destacam a Medalha de Mérito Militar de 2ª Classe e a Medalha de Prata de Comportamento Exemplar.

O Tenente-Coronel António Matos é casado com a Marta e tem dois filhos, Miguel e Amélia.