O Tenente-Coronel Paulo Manuel Correia Rodrigues Alves nasceu em Lisboa a 31 de março de 1965.
Foi incorporado em 04 de janeiro de 1984. Em outubro de 1986 concluiu o curso de Navegadores na Base Aérea nº 3 em Tancos.
Colocado em março de 1985 na Base Aérea n.º 1, desempenhou funções como Navegador na Esquadra de Reconhecimento 401 em Sintra.
Iniciou o Curso Formação de Oficiais na Base Aérea nº 2 em 1987. Após o fim do curso em 1989, foi colocado na Base Aérea nº 4 onde desempenhou funções como Navegador na Esquadra de Transporte e Patrulhamento Marítimo 503; em acumulação, chefiou a Secção de Informações do GO 41 e colaborou no RCC Lajes.
Em 1991 foi colocado na Base Aérea nº 1, Esquadra de Reconhecimento 401 onde, como Navegador ajudou a desenvolver o conceito de operações para as missões de Vigilância Marítima nas plataformas C212-100 e C212-300, nomeadamente os relacionados com a missão SIFICAP (Sistema Integrado Fiscalização das Actividades de Pesca) e outras inerentes à plataforma. Em 1996 fez parte do 1º grupo de trabalho para a definição dos requisitos operacionais dos helicópteros para a Força Aérea, relacionados com a missão SIFICAP.
Em 1998 foi colocado na Base Aérea nº 6, na Esquadra de Transporte 501 ondedesempenhou funções como Navegador. Foi qualificado como Navegador Instrutor, tendo chefiado a Secção de Navegação e a Secção de Transporte Aéreo Tático, para além de outras funções desempenhadas nesta Esquadra.
Em 2010 foi colocado no Estado Maior General das Forças Armadas, na Unidade Nacional de Verificações (UNAVE), onde exerceu funções como responsável pelo Tratado sobre o Regime Céus Abertos (OPEN SKIES) até 2017. Nesta colocação, foi o responsável pelas diversas missões nacionais relacionadas com este Tratado, pelas qualificações da Equipa de Observação Nacional e pelas certificações dos sistemas integrantes de diversas aeronaves relacionadas com este Tratado. Colaborou em diversos exercícios e atividades no EMGFA e com o Ministério Negócios Estrangeiros (MNE) sempre que solicitado, no suporte à missão Portuguesa em Viena na Organização para a Cooperação e Segurança na Europa (OSCE), nomeadamente na Open Skies Consultive Comission (OSCC).
Em setembro de 2016 foi nomeado para as funções de “CJ3-Air” no Operations Headquarters (OHQ) em Roma, no âmbito da Operação EUNAVFORMED SOPHIA, que exerceu durante 6 meses.
Em setembro de 2017 foi nomeado para prestar serviço como “Lessons Learned Staff Officer” no “Supreme Headquarters Allied Power Europe” (SHAPE) em Mons na Bélgica, onde desempenhou funções até setembro de 2020.O Tenente-Coronel Paulo Alves possui mais de 7400 horas de voo e da sua folha de serviço constam diversos Louvores, Menções Honrosas e Condecorações destacando-se a Medalha de Prata de Serviços Distintos, Medalha de Mérito Militar de 2ª Classe, duas Medalhas da Cruz de S. Jorge de 2ª Classe, a Medalha de Ouro de Comportamento Exemplar bem como diversas medalhas de missões onde participou.
Foi promovido ao atual posto em 25 de novembro de 2013.
O Tenente-Coronel Paulo Alves é casado e tem dois filhos, o Miguel e a Daniela.