O Major Piloto Aviador Tomás Virgílio nasceu em 1984, em Leiria.

Licenciou-se em Ciências Militares e Aeronáuticas, pela Academia da Força Aérea (no ano letivo 2005/06) e efetuou o seu tirocínio em Laughlin Air Force Base, Texas, Estados Unidos da América, nas aeronaves T-6 e T-38.

Após frequência do Curso Complementar de Pilotagem em Aviões de Combate, na Base Aérea N.º 11, foi colocado na Esquadra 201 “Falcões” em abril de 2009, onde completou a qualificação de piloto em F-16A e piloto operacional em F-16M.

Desempenhou funções de Oficial de Mobilidade e de Oficial de Planeamento Operacional. Neste período, obteve ainda a qualificação de Comandante de Parelha e frequentou o curso Tactical Leadership Program em Albacete, Espanha.

Em setembro de 2015 foi colocado na Esquadra 301 - “Jaguares”. Exerceu funções de Oficial de Planeamento Operacional e de Oficial de Uniformização e obteve a qualificação de Comandante de Esquadrilha em voo.

Frequentou, em 2016, o curso de Piloto de Testes na National Test Pilot School, Califórnia, EUA.

Em 2017 exerceu funções de Lead Test Pilot para a tape “OFP S1.1” do programa de modernização do F-16M, em Edwards Air Force Base, Califórnia, EUA.

Como piloto de testes, tem tido participação em múltiplos eventos de desenvolvimento e testes operacionais, dos quais se destacam a direção operacional do exercício OT&E S1.1 em 2018, na BA5 e a representação operacional portuguesa junto do fórum Multinational  Fighter Program.

Entre setembro de 2019 e setembro de 2021, esteve colocado na base aérea de KleineBrogel, Bélgica, no âmbito do programa de intercâmbio de pilotos. Obteve a qualificação de instrutor de voo e ministrou instrução em F-16M a pilotos belgas.

Findo este período, o Major Virgílio regressou à BA5, onde chefiou o GPA.

Ao longo da sua carreira operacional participou em diversos exercícios e missões internacionais, dos quais se destacam o Nato Tiger Meet (2011 e 2019), Iceland Air Policing (2012), Baltic Air Policing (em 2014 e 2018), e o NATO Assurance Measures (em 2015 e 2019).

Atualmente, conta com cerca de 1.800 horas de voo em F-16M, de um total de 2.300 horas em mais de 20 tipos de aviões e helicópteros e, na sua folha de serviço, regista vários louvores e condecorações.

É casado e tem uma filha, a Maria Inês.