Três resgates a navios em quatro dias

A Força Aérea realizou três missões de resgate em navios, esta semana, nos arquipélagos dos Açores e da Madeira. Em causa estavam tripulantes que necessitavam de assistência médica urgente e foram encaminhados para unidades hospitalares.

A primeira missão ocorreu no dia 25 de fevereiro. O destacamento da Esquadra 751 – “Pumas” na Base Aérea N.º 4 (BA4) foi ativado para resgatar um tripulante do pesqueiro Pérola da Praia, um português de 50 anos, a 230 quilómetros a sudoeste das Lajes.

No dia 27, foi a vez do destacamento dos “Pumas” no Aeródromo de Manobra N.º 3 (AM3), Madeira, ser chamado para resgatar um doente, de 56 anos e nacionalidade ucraniana, no navio de carga RENATE, a 145 quilómetros a nordeste do Porto Santo.  

No dia seguinte, nos Açores, a Esquadra 751 voltou a ser empenhada para uma missão de resgate, a 230 quilómetros a nordeste das Lajes. Um tripulante, de 36 anos e nacionalidade indonésia, ficou ferido durante a faina, a bordo do pesqueiro Bravo. Foi transferido para o navio patrulha oceânico Sines, da Marinha, e depois retirado da embarcação pela tripulação do helicóptero EH-101 Merlin.